#MulheresExtraordinárias - Dia 7

Oi minhas lindas!! *-*

Tema de hoje é - Bem-me-quer, malmequer.

Isso me fez lembrar a brincadeira de tirar as pétalas das flores, e torcer para que a ultima fosse 'bem-me-quer', não é? Quem nunca brincou disso, não saber o que é criar expectativas tão grandes sobre uma flor!! rs

Brincadeiras a partes, todas nós temos a necessidade de sermos aceitas e desejadas, queremos ser amadas e queridas. Vivemos em um mundo tão confuso, podemos facilmente nos esquecer de quão belas somos para Deus e do quanto Ele nos ama. Contudo, mulheres extraordinárias anseiam pelo Seu amor e estão aptas a recebe-lo.

As feridas abertas e não cicatrizadas que afligem a alma feminina, acrescidas do estresse do cotidiano e dos relacionamentos interpessoais, são enormes. O inimigo odeia a presença divina que existe em você e tenta convence-la de que o Senhor não se importas com a sua vida ou não a ama.

A capacidade de entender e aceitar o fato de que o Criador nos ama é a chave para encontrar a liberdade. Quando recebemos o Seu amor, podemos mais facilmente passá-lo a diante, pois ele brilha por intermédio da nossa vida.

Aceitar e entender que Deus nos ama e nos quer por completo, nos faz enxergar que somos queridas e belas aos olhos do Criador, afinal...existe sentimento melhor do que saber que o Pai nos ama? O amor dEle pode ser sentido através de um olhar, de um abraço, de um carinho.

Como Deus nos ama, Ele põe em nosso coração o desejo de buscá-lo e de sermos amadas. é por isso que queremos que a ultima pétala seja a do bem-me-quer.

Para o mundo, você pode ser só mais uma pessoa; mas, para uma determinada pessoa, você pode significar o mundo inteiro. - Bill Wilson





(Trechos em destaque retirados do Livro: Mulheres Extraordinárias - Julie Clintos $ May M. Byers)

Sobre esta tag: #MulheresExtraordinárias

Comentários

Postagens mais visitadas